PROJETO RESERVA DA BIOSFERA

 

O projeto de criação da Reserva da Biosfera em "La Siberia" surgiu, em meados de 2014, como um projeto de desenvolvimento sustentável que contribuiria para o desenvolvimento e promoção desta região da Extremadura. Esta promoção faz parte da cidadania, através dos municípios de La Siberia, Diputación de Badajoz e do Grupo de Ação Local "CEDER LA SIBERIA".

A figura da Reserva da Biosfera é definida pela UNESCO no âmbito do seu programa "O Homem e a Biosfera" (MAB). É uma figura que aposta na gestão integrada da biodiversidade dos sites designados com essa categorização. O programa MAB está comprometido com a pesquisa interdisciplinar para limitar a perda de biodiversidade e reduzir suas conseqüências ecológicas, econômicas e sociais. Através da Rede Mundial de Reservas da Biosfera, o conhecimento é trocado, as decisões são tomadas e o monitoramento contínuo é realizado, tudo a partir de um modelo integrativo e altamente participativo.

Com vista a alcançar esta designação da região de La Sibéria possível Reserva da Biosfera, desenvolve a partir da referida 2014 até o final de 2017 uma série de iniciativas para o desenvolvimento da aplicação, procurando envolver em todos os momentos para a cidadania que integra as localidades que fazem parte da Sibéria. São os próprios cidadãos que definem o zoneamento da Reserva, o Plano de Acção para acompanhar e sistema de gestão que irão reger o processo, tudo a fim de consolidar a candidatura como um instrumento não só para promoção económica e turismo de "La Siberia", mas também cultural, património e científico. É, finalmente, para aproveitar todo o potencial da Extremadura Sibéria oferecido como região, reconhecendo através deste candidatura ambiental, cultural, paisagístico e valores do património da região, de modo que eles podem ser utilizados como um impulso para contribuir para o desenvolvimento de novas oportunidades que garantam a sobrevivência futura de todos os seus povos e seus habitantes em face de problemas urgentes, como o progressivo despovoamento dos ambientes rurais.

 

A candidatura da Extremadura Sibéria como Reserva da Biosfera contou com o apoio e compromisso da Provincial de Badajoz, o Conselho ea Assembleia de Extremadura, dos onze municípios do entorno, Guadiana Confederação Hidrográfica e da Universidade Extremadura e várias instituições e entidades.

A candidatura da La Siberia à Reserva de la Biosfera foi apresentada ao gabinete do programa MaB da Unesco em Espanha, dependente da Organização Autónoma dos Parques Nacionais, a 26 de dezembro de 2017.

O processo de declaração da Reserva da Biosfera da Sibéria tem várias etapas, até a sua declaração em 19 de Junho de 2019, o 31ª sessão do Conselho de Coordenação Internacional do Homem ea Biosfera (MAB-ICC) que é comemorado em Paris.

 

Com esta declaração, é lançado um Plano Estratégico para a futura Reserva da Biosfera da Sibéria, aprovado por todas as administrações competentes do território e principais representantes dos setores econômico e social da região. O Plano Estratégico será a ferramenta de gestão interna que marcará os passos a seguir durante os próximos 10 anos.

O objectivo geral é estabelecer os campos e linhas preferenciais de ação que permitem a implementação real e efetiva do conceito de Reserva da Biosfera, através da conservação dos recursos naturais, promovendo o desenvolvimento social e econômico das populações locais e participação ativa dos diferentes atores envolvidos.

 

Galería Proyecto Reserva de la Biosfera "La Siberia"